Mengo Mania

Notícias

Outros Canais

Jogos

Fábio Luciano critica postura de Gabigol e Flamengo após punição

Ex-zagueiro aponta amadorismo e marra na conduta do jogador e do clube em caso de doping.

Redação
Foto: Instagram @f.luciano3 Fábio Luciano

Apesar de não concordar com a punição, Fábio Luciano não poupou Gabigol e o Flamengo de críticas após a sentença que suspendeu o atacante por 2 anos.

Durante o Resenha da Rodada desta segunda-feira (25), o ex-zagueiro falou em amadorismo do clube e do atleta na forma como trataram o exame antidoping.

"A gente não está lá dentro para saber o que aconteceu, mas parece que foi uma arrogância (entre aspas) do jeito que tratou as pessoas do antidoping, tratou com desdém, vou fazer a hora que quero... É o jeitinho brasileiro que tanto se fala, e a gente está pedindo mais profissionalismo", disse.

Continue lendo após a publicidade

"Parece ser amadorismo do Gabigol e também do departamento médico de não mostrar que ele tinha que fazer o exame na hora. Na minha opinião, é pesado você ouvir dois anos de suspensão e o resultado ser negativo”, completou.

Fábio Luciano ainda disse pensar que o camisa 10 do Flamengo não usou nenhuma substância, mas que foi punido pela "marra" que teve ao se recusar a fazer o exame.

“O que parece é que o Gabigol não usou nenhuma substância mesmo, foi mais essa arrogância que a gente fala dessa nova geração, que acha que vai fazer a hora que quer. É marra, essa é a palavra", finalizou.

Entenda o caso

O camisa 10 do Flamengo foi acusado de dificultar a realização do exame antidoping no dia 8 de abril de 2023, no Ninho do Urubu. Um dos relatos da denúncia diz que o jogador demorou para realizar o processo e não cumpriu as instruções dos oficiais.

Os demais jogadores do Rubro-Negro realizaram o exame antes do treinamento das 10h.

De acordo com os responsáveis pela realização do exame, Gabigol não se dirigiu aos profissionais antes do treino e, depois da atividade, ignorou os agentes e foi almoçar, tratando a equipe com desrespeito e não seguindo o procedimento indicado.

Em seguida, pegou o vaso de coleta sem avisar nenhum dos oficiais e se irritou ao ver que foi acompanhado por um dos responsáveis pelo exame até o banheiro. Em seguida, entregou o coletor aberto, contrariando a orientação.

Segundo apurou a ESPN, o atleta entrará com recurso na CAS (Corte Arbitral do Esporte) para tentar reverter o gancho.

Próximos jogos do Flamengo

Destaques da matéria

  • Críticas de Fábio Luciano à postura de Gabigol e Flamengo.
  • Apontamento de amadorismo e marra na conduta do jogador e do clube.
  • Gabigol entrará com recurso para reverter a punição.

Com informações do site ESPN Brasil.

Saiba mais

Comente