Mengo Mania

Notícias

Outros Canais

Jogos

Flamengo firma parceria lucrativa com o BRB, garantindo estabilidade financeira

Acordo entre Flamengo e BRB envolve patrocínio, sociedade e licenciamento.

Redação
Foto: Divulgação BRB

O Flamengo assegurou uma série de contratos vantajosos com o BRB, aprovados pelo Conselho Deliberativo. O montante total dos acordos totaliza R$ 40 milhões anuais, equivalente ao valor recebido anteriormente pelo clube por um espaço menor na camisa.

Explica-se: a parceria entre Flamengo e BRB transcende o simples patrocínio. Ela envolve um contrato de longa duração para uma sociedade empresarial, licenciamento para utilização do nome do clube pelo banco e o patrocínio na camisa.

O Rubro-Negro e a instituição bancária de Brasília já possuem uma parceria de quatro anos. Anteriormente, o BRB atuava como patrocinador master do clube e co-proprietário do banco Nação. No entanto, todo o modelo estava sujeito a discussões. Consequentemente, o clube recebia cerca de R$ 40 milhões anuais.

Continue lendo após a publicidade

Inicialmente, a Pixbet apresentou uma proposta substancialmente maior para o espaço de destaque na camisa, no valor de R$ 85 milhões. O BRB, então, migrou para a omoplata em um contrato temporário, enquanto negociava a parceria de longo prazo.

Segundo o novo acordo, o clube recebe R$ 25 milhões anuais pela exposição da marca BRB na omoplata da camisa, em um contrato com duração de dois anos. No entanto, há negociações separadas para o Banco Nação. Conforme os termos, o BRB possui mais três contratos com o clube. Um deles exige que o Banco remunere o Rubro-Negro em R$ 0,30 por cliente anualmente - o número já foi de 3 milhões, mas diminuiu. O pagamento mínimo deste licenciamento é de R$ 15 milhões. Juntos, esses dois valores totalizam R$ 40 milhões.

Este contrato de licenciamento, válido por cinco anos, está vinculado ao primeiro. Caso o patrocínio na camisa seja encerrado após dois anos, o licenciamento passa a ter um valor mínimo de R$ 25 milhões.

Além disso, há outro contrato que estipula a estrutura e governança do Banco Nação. O BRB será o gestor e deterá 100% das ações. No entanto, o Flamengo possui direito a 45% de todo o fluxo de entrada, seja por dividendos gerados pelo lucro ou uma eventual venda para investidores.

A estratégia do Flamengo ao adotar esse modelo é evitar o risco no desempenho financeiro eventual do banco. Os valores provenientes do patrocínio e licenciamento garantem estabilidade financeira até 2023. O restante, oriundo de lucros variáveis ou venda, representa uma possibilidade adicional.

Destaques da matéria

  • Flamengo firma contrato vantajoso com BRB, consolidando relação lucrativa.
  • Acordo abrange patrocínio, sociedade e licenciamento.
  • Estratégia visa garantir estabilidade financeira e reduzir riscos para o clube.
  • Detalhes dos contratos e parceria estratégica entre as partes.

Com informações do colunista Rodrigo Mattos, do site UOL.

Saiba mais

Comente